Fale conosco 132

Sonhos e pesadelos ocorrem quando a alma não se liberta
311. Tomo a liberdade de consultar o Racionalismo Cristão para entender o que acontece comigo quando estou dormindo. Comecei a ter pesadelos aos 16 anos; vou fazer 71 e eles me acompanham até hoje. Minha esposa me acorda, me balançando várias vezes. Percebo tudo isso mas fico sem forças, e aos poucos vou acordando.
É difícil explicar esses pesadelos. Quando não é isso, tenho sonhos, e nesses sonhos vejo pessoas que nunca vi, lugares por onde jamais andei; por vezes fico perdido e alguma pessoa do sonho me ajuda.
Tenho lido livros bons, como os de Caruso Samel e Luiz de Souza, Racionalismo Cristão e Pratica do Racionalismo Cristão. Cheguei a frequentar reuniões em uma casa racionalista cristã e voltarei a frequentar.
Resposta: Prezado, como estudioso das obras do Racionalismo Cristão e com a continuidade de seus estudos e a frequência assídua às reuniões, irá entendendo a razão de seus sonhos e principalmente sobre o assunto mediunidade, tratado nos livros “Racionalismo Cristão”, 45ª edição, “A vida fora da matéria”, 24ª edição, e “Prática do Racionalismo Cristão”, 13ª edição, e intensamente citado nessas reuniões.
Em seus estudos, entenderá que durante o sono o espírito entra em desdobramento. Os sonhos são consequência desse afastamento do espírito juntamente com seu corpo fluídico, de seu corpo físico.  Esse deslocamento tem a finalidade de elevar-se o espírito até seu mundo de estágio para retemperar-se das lutas diárias, distendendo-se os cordões fluídicos, sem no entanto romperem-se, o que, caso ocorresse, acarretaria a chamada “morte”.
Quando, ao invés de deslocar-se até seu mundo de estagio, o espírito fica preso aos campos fluídicos do planeta por entregar-se a preocupações demasiadas, a acontecimentos às vezes negativos, às correntes de pensamentos próprias desse ambiente terreno, e não consegue com isto afastar-se da atmosfera densa aqui existente, ocorrem em desdobramento os sonhos e os pesadelos.
Por isso, é recomendada a execução da limpeza psíquica também à noite para o arrefecimento das atividades mentais com a finalidade de obter-se um sono tranquilo e reparador.
Esperamos que volte a frequentar assiduamente a casa racionalista cristã, a praticar a limpeza psíquica no lar e a estudar os livros indicados, para inteirar-se cada vez mais sobre a espiritualidade.
Como entender o desdobramento
312. Gostaria de saber mais sobre este tema se possível (desdobramento). É possível encontrar um ente querido especificamente através desse processo?
Resposta: Prezada, os desdobramentos são fenômenos psíquicos. Por exemplo: os sonhos. Os mais comuns podem ser assim explicados:
Ao dormirmos, nosso espírito afasta-se do corpo físico, ao qual permanece ligado por cordões fluídicos. O corpo físico adormece, mas o espírito nunca dorme, ele é vibração contínua.
Nesse estado, o espírito esclarecido liberta-se da atmosfera da Terra, que é materializada, pesada e deletéria, e escapa dessa atmosfera fluídica, retemperando-se, refazendo suas energias para enfrentar com ânimo renovado o próximo dia. Assim, ao despertarmos, nosso corpo está cheio de nova vitalidade e estamos preparados para iniciar com alento e vigor nossas tarefas diárias. Nessas condições, podemos percorrer outros planos astrais mais diáfanos.
Nesses momentos de afastamento das influências negativas da atmosfera terrena, o espírito pode entregar-se a ocupações que lhe trazem alegria e satisfação espiritual. Por isso, você revela que colheu alegria dos sonhos que nos relatou. Isso não significa que entraremos em contato com entes queridos desencarnados. O melhor que podemos fazer por esses entes é irradiar por eles, para que estejam em paz em seu mundo espiritual. Procurar entrar em contato com eles só pode trazer sofrimentos, para nós e para eles.
Há os desdobramentos a serviço das Forças Superiores. Tais fenômenos ocorrem durante as reuniões particulares realizadas nas casas racionalistas cristãs. Os médiuns se desdobram para penetrar ambientes muito pesados, para que seja feita a limpeza psíquica pelas Forças Superiores. Só estudos espiritualistas podem esclarecer-nos sobre os fenômenos do espírito. E o desdobramento é um desses fenômenos.
O Racionalismo Cristão nos ensina o valor do pensamento e assim, com a limpeza psíquica de manhã e à noite, nos preparamos para uma vida melhor, mais produtiva e mais racional. Além da limpeza psíquica, recomendamos a constante leitura das obras editadas pelo Racionalismo Cristão. Lembre-se de que é preciso estudar sempre para aprofundar-se nos ensinamentos da Doutrina. A cada releitura das obras, encontramos novas facetas que não tínhamos percebido em leituras anteriores.
Concentrar-se é difícil, mas necessário
313. Sou racionalista cristã desde de criança, estou com 33 anos. Tenho consciência do valor da irradiação, mas sei também que devo fazê-la sem pensar em mais nada e, assim, estabelecer a ligação com o Astral Superior. No entanto, no momento em que estou a irradiar, penso em milhares de coisas, coisas do trabalho, coisas que tenho que comprar, tarefas domésticas, passeios a realizar, enfim, enquanto estou  proferindo as irradiações, penso em inúmeras coisas, umas importantes, outras sem qualquer importância. Preciso de ajuda, quero muito me concentrar mais e mais. Até no trabalho tenho dificuldades em me concentrar, e preciso  de muita concentração para trabalhar com quantidade e qualidade.
Resposta: Prezada, a concentração é um exercício diário de esforço mental contra nossas imperfeições, em que é necessário aplicar toda a energia possível para nos desvencilharmos de pensamentos materiais e nos ligarmos às forças diáfanas do bem.
O instante exato da limpeza psíquica é um momento especial. É preciso empenho para viver aquele presente único plenamente. E você não está conseguindo dividir o tempo em presente, passado e futuro de maneira a vivenciar em toda plenitude esse momento.
Faça esse tipo de exercício, reservando um tempo para meditar sobre seus problemas materiais e um compartimento de só sete minutos dedicados às irradiações, aplicando todo o seu esforço e energia em não se desviar dos objetivos de se ligar às Forças Superiores, e tenha em mente que isto vai sendo corrigido paulatinamente, pela insistência, pela persistência em modificar-se através da vontade.
E é importante estarmos convictos de que estamos participando de um movimento altruístico em favor da humanidade e, consequentemente, daqueles que nos cercam e de nós próprios.
Limpeza psíquica ajuda você a enfrentar doenças graves
314. No ano passado fui diagnosticada com câncer de mama, descoberto por acaso em exames de rotina. Fui pega de surpresa, pois não há casos na família, mantenho hábitos saudáveis de alimentação e não era considerada no grupo de risco. Depois do choque inicial, tive que concordar em fazer o tratamento, que consiste em químio, cirurgia, radiação e hormônio, terapia por cinco anos. Poderia optar por não fazer químio, mas corria o risco de ficar com o seio muito deformado ou ser necessária uma mastectomia. O maior efeito do tratamento que estou sofrendo é o psicológico de ter essa doença e de agora estar perdendo meu cabelo.
Sofro a cada fio de cabelo que cai, e tem caído em montes. Nunca imaginei um dia ficar careca contra a minha vontade. Está sendo extremamente difícil lidar com isso.
Todo tratamento não passa de uma tentativa. Nenhum tratamento é garantido 100%. Para meu caso me deram 14% de chance de reocorrência com tratamento de químio, e 18% de chance de reocorrência sem químio.
Outra questão: Por que a medicina no caso do câncer se concentra mais no negativo do que no positivo? Tenho 18% de possibilidade de reincidência, mas tenho 82% de não ter câncer de novo. Em outras áreas/doenças, um cirurgião ou médico não recomendaria ao paciente para não fazer tal cirurgia/tratamento pois há 18% de chance de não funcionar; ao contrário, diria ao paciente você tem 82% de chances de melhora com a cirurgia/tratamento, não pense nos 18% de dar errado.
Resposta: Prezada, temos a certeza de estar diante de uma mulher forte e lutadora que vive um momento difícil na vida, mas que, passadas as decepções iniciais, irá lutar pela vida com otimismo, aceitando com coragem a situação que lhe foi apresentada, ultrapassando sem revolta todas as barreiras necessárias para a sua vitória final. Por isso apelamos para essa sua força interior que já se manifestou quando iniciou o processo de sua recuperação, fortalecendo-se cada vez mais, acreditando sempre no melhor, nunca se deixando abater pelos reveses e nem se “desmoronar” conforme teme.
Sugerimos que pesquise na Internet a relação de pessoas famosas que tiveram câncer de mama e que superaram a doença, servindo de exemplos de resignação, de perseverança, de coragem, de otimismo, a outras que enfrentam o mesmo mal.
Você nos pede irradiações e dizemos que pode contar com as nossas vibrações positivas para que encontre o fortalecimento necessário e enfrente o seu revés; mas você mesma pode fazê-las, de preferência, coletivamente em uma casa racionalista cristã nos primeiros sete minutos de uma reunião pública de limpeza psíquica e esclarecimento espiritual e realizá-las também no lar às 7 horas da manhã e 8 da noite ou em horário mais conveniente que, entretanto, seja mantido como disciplina. Não deve fazer a limpeza psíquica para pedir proteção, mas para enfrentar com galhardia o que precisa ser enfrentado e receber o apoio, tenha a certeza, que terá das Forças Superiores através do seus esforço e de boas intuições.
O esclarecimento espiritual promovido nessas reuniões poderá contribuir para que possa refletir que não somos só um corpo físico, mas também um espírito sujeito às lutas próprias de um planeta-escola onde a finalidade principal é evoluir espiritualmente, utilizando e desenvolvendo valorosos atributos espirituais, como a inteligência, o raciocínio a força de vontade e principalmente a coragem. A união entre limpeza psíquica e esse esclarecimento nos fortalece para o enfrentamento dos reveses a que estamos sujeitos.
Na leitura das obras publicadas pela Doutrina encontrará lenitivo para as suas apreensões principalmente a do livro essencial Racionalismo Cristão, em sua 45ª edição. Nele, tomará conhecimento da força do pensamento positivo e otimista vibrado na intenção da cura, em um capítulo específico denominado Pensamento.
Tatuagem é problema do livre-arbítrio
315. Ha dois anos perdi minha irmã para um AVC hemorrágico; há uns meses fiz uma tatuagem do Morro Dois Irmãos refletindo no mar o apelido dela (como eu a chamava desde pequeno). Fiz isso como uma homenagem, não fico triste, saudoso ou qualquer outra coisa por conta da tatuagem. Como disse, foi uma homenagem.
Que mal posso ter causado (ou ainda causo) pela tatoo, para ela ou para mim? Existe algum?
Resposta: Prezado, o Racionalismo Cristão nos ensina a procurar compreender a desencarnação como um acontecimento natural e que somos espíritos em evolução sujeitos a várias existências em corpo humano. Por isso, aquele que estuda e segue os ensinamentos da Doutrina sabe que deve contribuir para que o espírito do ente querido falecido possa seguir imediatamente para o seu mundo de estágio, evitando o desespero.
Ao procurar recuperar-se do impacto sofrido e elevar o pensamento numa irradiação amiga da limpeza psíquica dirigida ao Astral Superior para que esse espírito não fique preso à densa camada fluídica da Terra perturbando-se e interferindo na vida dos encarnados estará colaborando para o seu bem-estar e o desse espírito.
Essas orientações estão contidas na 45ª edição do livro essencial da Doutrina intitulado Racionalismo Cristão.
Quanto à tatuagem, conforme você mesmo afirma, ela não lhe causa tristeza nem saudades ou qualquer outro sentimento negativo, caracterizando-se como uma homenagem; por isso, deixamos ao critério do seu livre-arbítrio se permanece com ela ou a retira.
Havendo interesse de sua parte, sugerimos a leitura do capítulo Desencarnação do espírito, do livro Racionalismo Cristão, que pode ser lido nos minutos que antecedem uma reunião pública de limpeza psíquica e esclarecimento espiritual em uma casa racionalista cristã, ou adquirido na Livraria da Casa. Lá, durante a limpeza psíquica, terá oportunidade de irradiar pelo espírito de sua irmã.
Você poderá procurar o endereço de uma casa racionalista cristã mais próxima da sua residência; informar-se sobre a prática da limpeza psíquica no lar – atividade de grande importância para o nosso equilíbrio espiritual.
Medo prejudica o espírito
316. Estou com medo, ansiosa, coração acelerado; muitos problemas na família, desequilíbrio total. Preciso de ajuda. Assim apela uma leitora.
Resposta: Prezada, medo, ansiedade exagerada são males psíquicos que causam grandes transtornos ao espírito e ao corpo físico, e é preciso muita força de vontade, paciência, persistência e pensamentos firmes e positivos, para você manter o seu equilíbrio psíquico e sentir a grande satisfação de ter dias tranquilos, alegres e felizes.
Siga corretamente a disciplina recomendada pelo Racionalismo Cristão, e revista-se de força interior, coragem e muita vontade de vencer a si própria, pondo um sorriso nos lábios e vivendo com entusiasmo e confiança em si, na certeza de que o dia de hoje foi muito bom, mas que amanhã será melhor, porque você irá fazer por onde isto aconteça, lutando bravamente contra seus maus pensamentos, para substituí-los por outros de valor e otimismo, por saber da sua grande responsabilidade perante seus familiares, pela obrigação que tem de dar-lhes exemplos de vida, para que eles possam, através dos seus exemplos, ter condições de cumprir os seus deveres com equilíbrio e valor.
Desentendimentos em família devem ser resolvidos com uma conversa serena e vontade de compreender que problema está precisando ser encarado.
Essa conversa deve ser desenvolvida com o firme propósito de compreender o outro, conhecer o motivo dos desentendimentos; analisar o que pode mudar em si mesma para que a harmonia se estabeleça.
Saber, também, aceitar o outro tal como ele é, sem brigas, sem confrontos.
Também deve ter a atenção voltada para as necessidades que o outro apresenta, sem críticas, sem exigências, mas com amor, com compreensão e desejo de harmonizar a família.
De preferência, prepare-se para que o diálogo seja bem-sucedido: faça a limpeza psíquica antes de iniciar a conversa. Se o ambiente não for propício e perceber que não está obtendo os resultados que deseja, suspenda a conversa para outra ocasião mais propícia, mas deixe claro que o que você deseja é estabelecer em casa um clima amistoso, em que todos se respeitem e tenham oportunidade de crescer espiritualmente com uma convivência pacífica em que todos se ajudem nesse objetivo: viver melhor.
Força! Coragem! Pensamentos firmes e otimistas! Entusiasmo e muita vontade de vencer!… Esses são os ingredientes que irão modificar a sua vida para melhor e levá-la à vitória nessa atual jornada na Terra.
Diálogo, o melhor remédio em família
317. Sinto certa angústia porque as minhas relações não estão correndo bem.
Resposta: Prezada, relacionamentos familiares tornam-se conturbados quando nenhuma das partes se predispõe a analisar seus atos em favor do entendimento coletivo. O conhecimento dos diferentes graus de espiritualidade existentes em uma mesma família proporciona a quem tem esta noção a capacidade de melhor discernir sobre essas diversidades de caráter, de personalidades, de interesses, de capacidade de compreensão e de entendimento, ensejando exercer maior tolerância ao analisar com isenção de ânimo essas diferenças.
Podemos modificar as pessoas ao nosso redor? Claro que não! Como dissemos, cada um tem um grau de espiritualidade diferente e está em uma determinada fase de sua evolução; mas todos estão caminhando para maior aperfeiçoamento visando a atingir as metas traçadas em seu mundo de estágio.
Os que detêm este entendimento procuram modificar-se para melhor, evitando irritações, discussões, atitudes egoísticas e analisando suas falhas no relacionamento.
Havendo divergências que comumente ocorrem entre casais e membros de uma mesma família, o essencial é sempre o diálogo, proposto pela pessoa de maior sensatez, mas deixando claro que o intuito é aparar as arestas no relacionamento, de forma que cada parte exponha suas aspirações, seus anseios no relacionamento familiar sem ser interrompida nem julgada para ter a certeza de que foi ouvida. Não havendo interrupções nem julgamentos não haverá discussões, apenas o respeito ao ponto de vista de cada uma das partes.
Como mediadora procurar a pessoa soluções que estejam de acordo com a maioria para não  prejudicar o bem-estar coletivo.
Estes são ensinamentos que ouvimos constantemente nas reuniões públicas de limpeza psíquica e esclarecimento espiritual nas casas racionalistas cristãs, lemos nas obras editadas pela Doutrina e escutamos através das doutrinações de nossos mestres do Astral Superior, espíritos que já venceram todas as etapas de evolução terrena.
Nessas reuniões passamos pela limpeza psíquica nos primeiros sete minutos da reunião que consiste numa higiene mental, uma forma de se obter equilíbrio interior e tranquilidade espiritual, sendo recomendada a sua realização também no lar às 7h e às 20 horas diariamente.
Esta prática diária e disciplinar proporciona maior discernimento sobre como superar angústias e lidar com os nossos relacionamentos familiares ou sociais.
Se não conhece ainda esses ensinamentos convidamos você a visitar uma casa racionalista cristã. O endereço pode ser obtido no site www.racionalismocristao.net/casas-rc/.