Atenção ao trabalho espiritual

p000020450

Atenção ao trabalho espiritual
Humberto Rodrigues
Presidente Astral do Racionalismo Cristão
Os seres humanos têm o dever espiritual de praticar o bem mediante atos construtivos e produtivos, que visem ao bem-estar da coletividade no meio social em que vivem.
Todas as pessoas estão no mundo para trabalhar. Quando assim afirmamos, não nos referimos somente às atividades laborais que desenvolvem, mas, acima de tudo e principalmente, ao trabalho voltado para o aprimoramento dos atributos e das faculdades espirituais, com vista à evolução do espírito na vida terrena.
O trabalho de natureza espiritual exige autorreflexão das pessoas por meio de um olhar profundo para dentro de si mesmas, de forma honesta e desarmada de indulgências ou dissimulações. Identificadas, as imperfeições devem ser eliminadas do corpo fluídico com o esforço árduo que elas reclamam.
O trabalho voltado para o crescimento espiritual é às vezes moralmente doloroso, porque põe o indivíduo em contato com suas mazelas, com as tendências negativas que traz no íntimo, e que fazem parte de sua bagagem evolutiva. A limpeza da alma exige perseverança e empenho na solução dos problemas da vida ao se escolher bons caminhos.
É um bom começo não seguir certas práticas que campeiam por aí afora, que prometem salvação às pessoas que trilham os chamados caminhos de iluminação espiritual de forma fácil. Mediante perdões, promessas, pedidos e louvores, seus seguidores ficam expostos aos riscos de atuação do astral inferior, fruto da falta de rigor disciplinar e de esclarecimento espiritual.
Não se iludam os seres humanos: saibam separar o joio do trigo, buscando o que realmente é útil à evolução, pois rigor disciplinar e esclarecimento espiritual somente são possíveis com muito trabalho. Se todos são parcelas da Inteligência Universal, todos têm atributos espirituais a serem usados, como inteligência, raciocínio e vontade, para chegarem, merecidamente, às próprias conclusões.
As pessoas que levam uma vida de indolência marcam passo. Ficam estagnadas na evolução espiritual, mesmo que conquistem aparentes vantagens de natureza material. Da mesma forma, o mal praticado produz débitos espirituais, que deverão ser resgatados no futuro em razão da lei evolutiva de causa e efeito, da qual ninguém está livre.
Logo, é importante estudar a espiritualidade, implementar disciplina no viver, educar os pensamentos, dominar as emoções, praticar a limpeza psíquica nos lares, criando bom ambiente astral, muito útil aos familiares.
O objetivo dos seres humanos na Terra é evoluírem espiritualmente, daí a necessidade do estudo da filosofia racionalista cristã, para que não esmoreçam diante das dificuldades, encarando os reveses com naturalidade ao utilizarem com proveito suas ferramentas espirituais, como os atributos reveladores do bom caráter e a faculdade do livre-arbítrio voltada para a prática do bem.